Saltar para conteúdo principal
JÁ CONHECE O NOVO PORTAL SNS? JÁ CONHECE O NOVO PORTAL SNS? www.sns.gov.pt
pedido-de-informacoes Pedido de informações hvfxira@hvfx.pt
contacto-geral Contacto Geral 263 006 500

Projetos

Interrupção Voluntária da Gravidez

Caracterização do projeto:

Tem se verificado ao longo destes últimos anos, um aumento do número de utentes que têm recorrido às consultas de IVG, após a sua legalização. Observa-se cada vez mais o uso desta consulta por parte das utentes como substituição de um método anticoncetivo, desvalorizando as consequências e complicações. Esta situação está a ser preocupante para os profissionais de saúde, pois sente-se que não existe uma sexualidade responsável e que a médio e longo prazo poderá trazer prejuízo à saúde da mulher em idade fértil. Este programa surgiu no fundo para uma maior sensibilização das utentes para esta problemática de forma a optar por medidas mais responsáveis, promovendo hábitos e estilos de vida saudáveis.

Responsáveis:

Paula Homem - Enfermeira Gestora do Serviço de Obstetrícia e Ginecologia do Hospital Vila Franca de Xira
Isabel Martins - Enfermeira especialista em Saúde Materna e Obstétrica / Enfermeira responsável da Consulta de Obstetrícia e Ginecologia do Hospital Vila Franca de Xira
Raquel Gama - Enfermeira especialista em Saúde Materna e Obstétrica (Centro de Saúde de Alhandra)

Otimização da Gestão da Transição Segura Hospital/Comunidade na área da Diabetes Infantil

Caracterização do projeto:

O Programa Nacional de Controlo da Diabetes é um dos mais antigos programas nacionais de saúde pública. Em Portugal, em 2014, a Diabetes Mellitus tipo 1 (DM1) em crianças e jovens atingia 3 365 indivíduos com idades entre 0-19 anos, o que corresponde a 0,16 % da população portuguesa neste escalão etário. A DM1 é uma das doenças crónicas com maior prevalência em idade escolar e está a aumentar cerca de 3% a cada ano, (Orientação da DGS n.º 003/2012 de 18/01/2012). A coordenação entre níveis de cuidados configura-se essencial para a melhoria de todos processos de assistência e acompanhamento na diabetes. A educação para a saúde e para a autogestão da doença, providenciada por uma equipa multidisciplinar, altamente diferenciada, permite elevados padrões de qualidade nos cuidados, melhoria dos indicadores clínicos, diminuição da letalidade e da morbilidade.
A criança é um indivíduo vulnerável e dependente de cuidados por parte de terceiros. Numa transição de Saúde-Doença, ou, no âmbito da continuidade de cuidados, esta faixa etária necessita de cuidados de enfermagem que estejam articulados entre si de modo a conferir à criança e família cuidados de qualidade. De modo a melhorar a articulação entre o ACES Estuário do Tejo e o Hospital Vila Franca de Xira, e auxiliar os membros familiares cuidadores nas transições de Saúde-Doença vivenciadas pelas famílias, mais especificamente familiares cuidadores de crianças e jovens com diabetes, surgiu este programa como método de minimizar as lacunas sentidas pelos membros que fazem parte destas duas Unidades de Saúde. Este vem assegurar uma melhoria nos cuidados ao membro familiar cuidador e implementar medidas que auxiliem a notificação de situações de risco e vulnerabilidade infantil e juvenil que necessitem de intervenção imediata.

Responsáveis:

Patrícia Nascimento - Enfermeira Chefe Serviço Pediatria do Hospital Vila Franca de Xira
Carla Munhoz - Enfermeira Chefe do Centro de Saúde de Arruda dos Vinhos (ACES Estuário do Tejo)
Maria Eugénia Pedro - Enfermeira da Unidade Coordenadora Funcional da Diabetes (ACES Estuário do Tejo)
Benedita Santos - Enfermeira Chefe do Centro de Saúde de Alenquer (ACES Estuário do Tejo)
Rosa Fonseca - Enfermeira especialista em Saúde Infantil e Pediátrica (Serviço Pediatria do Hospital Vila Franca de Xira)
Teresa Rodrigues - Enfermeira responsável pela Consulta Externa de Pediatria do Hospital Vila Franca de Xira

Programa ‘K’apacitar

Caracterização do projeto:

O Programa K – Kapacitar para a adesão pretende melhorar a adesão ao regime terapêutico da pessoa com doença mental grave de modo a prevenir os reinternamentos por abandono de terapêutica e consequente descompensação com evolução para crise psicótica. O objetivo central é a capacitação do cuidador informal de competências especificas para a promoção da adesão ao regime terapêutico da pessoa com doença mental grave. Aposta em intervenções de psicoeducação que incidem na promoção dos vários fatores e na redução dos fatores de risco, para capacitação da pessoa/cuidador informal.

Responsáveis:

Lúcia Santos – Enfermeira especialista em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria (Serviço de Psiquiatria do HVFX)
Pedro Gomes – Enfermeiro especialista em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria (Serviço de Psiquiatria do HVFX)
Ana Marta Correia – Enfermeira especialista em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria (Centro de Saúde de Arruda dos Vinhos)
Zélia Esteves - Enfermeira Chefe do Serviço de Psiquiatria do Hospital Vila Franca de Xira

Programa Vida Ativa

Caracterização do projeto:

O programa tem o intuito de melhorar a articulação entre o ACES e o Hospital, com a perspetiva de identificação real do familiar cuidador (em etapa pré-operatória) integrando-o precocemente nos cuidados necessários ao seu familiar. Deste modo, promove-se a continuidade dos cuidados nos períodos pré, pós-alta hospitalar e no regresso à comunidade, garantindo a transição segura entre hospital-comunidade. Assim, como áreas de intervenção para a consecução do programa prioriza-se a dinamização contínua da Consulta de Vida Ativa para a Artroplastia da Anca e a Artroplastia do Joelho, bem como a sua abrangência a outras áreas clínicas do âmbito da cirurgia ortopédica programada: Artroplastia do Ombro, Discectomia e Artrodese. Como tal, é expectável implementar a identificação das necessidades do familiar cuidador no período perioperatório nas Atividades de Vida Diária da pessoa intervencionada (vestir e despir, transferências, marcha e utilização de dispositivos auxiliares, utilização do sanitário, mobilizações ativas, prevenção de quedas, prevenção de úlceras por pressão, regime terapêutico e controlo da dor), bem como a implementação de estratégias (intervenções, instrumentos e indicadores) que facilitem a atuação dos profissionais de saúde, de modo a colmatar as necessidades do familiar cuidador identificadas previamente. Posto isto, definem-se como instrumentos de referenciação a utilização de um e-mail com o ACES, acerca das necessidades do cuidador, como indicadores de intervenção prioritária pelo ACES no pós-alta: compromisso da mobilidade do utente; alto risco de queda; alto risco de úlcera por pressão; e como intervenções hospital-comunidade a desenvolver: informar os recursos existentes na comunidade (ajudas técnicas, suporte social, entre outros); realizar follow-up com o intuito de avaliar as intervenções de capacitação do familiar cuidador.

Responsáveis:

Cidália Gomes - Enfermeira especialista em Enfermagem de Reabilitação (Serviço de Ortopedia do Hospital Vila Franca de Xira)
Sónia Pinto - Enfermeira especialista em Enfermagem de Reabilitação (Centro de Saúde de Benavente)
Adelaide Menor - Enfermeira Gestora do Serviço de Especialidades Cirúrgicas do Hospital Vila Franca de Xira

Planeamento da alta da Pessoa com AVC e regresso à comunidade

Caracterização do projeto:

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma situação clínica potencialmente geradora de dependência. Como tal, é imprescindível o planeamento de alta com a capacitação da pessoa e seu cuidador, para garantir um processo adaptativo seguro no regresso a casa. Este programa tem por finalidades:

  • Assegurar a continuidade de cuidados à pessoa com AVC/AIT, após a alta hospitalar com a participação do cuidador;
  • Maximizar a capacidade funcional da pessoa com AVC/AIT;
  • Capacitar a pessoa com AVC/AIT e cuidador para a readaptação ao domicílio, respeitando os recursos existentes;
  • Otimizar a articulação entre o HVFX e a Comunidade com vista a promover um ambiente seguro.

Responsáveis:

Paula Miranda - Enfermeira Gestora do Serviço de Medicina Interna do Hospital Vila Franca de Xira
Emília Redondo - Enfermeira especialista em Enfermagem de Reabilitação (Serviço de Medicina do Hospital Vila Franca de Xira)
Célia Sanches - Enfermeira (Serviço de Medicina do Hospital Vila Franca de Xira)
Celina Gomes - Enfermeira (Serviço de Medicina do Hospital Vila Franca de Xira)
Ana Silva - Enfermeira (Serviço de Medicina do Hospital Vila Franca de Xira)
Filipa Calado - Enfermeira (Serviço de Medicina do Hospital Vila Franca de Xira)
Rita Pedrosa - Enfermeira (Serviço de Medicina do Hospital Vila Franca de Xira)
Andreia Cabecinhas - Enfermeira (Serviço de Medicina do Hospital Vila Franca de Xira)
Anabela Neto - Enfermeira (Serviço de Medicina do Hospital Vila Franca de Xira)
Carla Carvalho - Enfermeira especialista em Enfermagem de Reabilitação (Centro de Saúde de Alenquer)

Transição Segura: Da Urgência para a Comunidade

Caracterização do projeto:

Este projeto de parceria entre o HVFX, o ACES e a ESEL almeja melhorar a comunicação entre o SU e os CSP para assegurar a efetiva continuidade dos cuidados de saúde, numa perspectiva multiprofissional e com responsabilização da pessoa e sua família pela adesão ao regime terapêutico. O projeto visa identificar os fatores de risco para as readmissões ao Serviço de Urgência, garantir a transição segura do Hospital-Comunidade para a pessoa idosa em situação de vulnerabilidade acrescida, promover a comunicação entre o hospital e as diferentes unidades funcionais do ACES e implementar intervenções que garantam continuidade de cuidados após a alta do Serviço de Urgência.
As equipas envolvidas no projeto definiram critérios de inclusão para referenciação dos utentes (Idade superior ou igual a 70 anos; Alto risco de úlcera de pressão; Escala de Barthel inferior ou igual a 55; Não institucionalizado). Foram definidos os circuitos de referenciação entre os níveis de cuidados e identificados em cada unidade funcional do ACES o enfermeiro de transição – os chefes de equipa da urgência enviam a informação da vinda ao SU a este enfermeiro da comunidade que num prazo de 24 a 48 horas após o regresso a casa da pessoa idosa faz uma primeira avaliação das necessidades desta e do familiar cuidador. 
Em caso de necessidade o enfermeiro de transição encaminha para outro elemento da equipa multidisciplinar ou outros recursos de saúde e apoio social.

Responsáveis:

Carla Madeira – Enfermeira Chefe do Serviço de Urgência do Hospital Vila Franca de Xira
José Baptista - Enfermeiro especialista em Enfermagem de Reabilitação (Serviço de Urgência do Hospital Vila Franca de Xira)
Carla Munhoz - Enfermeira Gestora do Centro de Saúde de Arruda dos Vinhos

Transição Segura da UCI para a Comunidade

Caracterização do projeto:

As unidades de cuidados intensivos acolhem doentes em transições de saúde-doença complexas e criticas, com períodos de internamento mais ou menos longos, com impacto na funcionalidade. Os avanços da medicina tem possibilitado um aumento da taxa de sobrevivência das pessoas com internamento em UCI, incrementando o desafio de melhorar a qualidade de vida após internamento em UCI, para controlo dos efeitos secundários do síndrome pós-internamento em cuidados intensivos, que afeta a qualidade de vida dos doentes e suas famílias, devido a alterações físicas, psicológicas, cognitivas e sociais. Os objetivos deste programa são: melhorar a continuidade de cuidados UCI-Serviços de Internamento-Comunidade; educar doente e família para os capacitar para a promoção da funcionalidade no regresso a casa; promover a reabilitação e reintegração social do doente com internamento na UCI; avaliar as comorbilidades associadas ao internamento em UCI; prevenir défices funcionais e garantir a apreciação e intervenção das equipas comunitárias do ACES.

Responsáveis:

Anabela Sousa – Enfermeira Chefe da Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital Vila Franca de Xira
Ana Filipa Serrão - Enfermeira especialista em Enfermagem de Reabilitação (Unidade de Cuidados Intensivos do HVFX)
Sara Pereira - Enfermeira especialista em Enfermagem de Reabilitação (Unidade de Cuidados Intensivos do HVFX)
Paulo Gonçalves - Enfermeiro especialista em Enfermagem de Reabilitação (Unidade de Cuidados Intensivos do HVFX)

Ao continuar a utilizar o nosso website está a concordar com a nossa política de privacidade. Concordar
Concordar Mais informações